quinta-feira, 1 de maio de 2014

Folhas de amor nº 5,5

Folheei você
como se escolhe discos.

Tomei por assalto
o sentimento e os riscos.

Compro qualquer hora,
vendo menos que um segundo.

Perdoe o atrevimento...
Não, não há sofrimento.

Anda logo,
sou refém. Não é assim

que se mantém
um grande amor.

3 comentários:

  1. Simplesmente belo! Sabes que sou de poucas palavras. Que muito aqui dentro fica. Temo às vezes falar tudo que penso para que não perca a magia do mistério. Serei eterna fã, de tudo que há em você.. Das suas escritas, até das que custo entender.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei, haha! Uma poetiza de poucas palavras... sei... Amor, é recíproco o desejo pelo mistério e a admiração "de tudo que há em você". Minhas folhas de amor são significativas.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Digite seu e-mail aqui para receber atualizações do Descaradamasio. A média é uma postagem semanal.