quarta-feira, 14 de maio de 2014

Folhas de amor nº 2,5

Casual que nada.
Eterna é a entrega.
Dispensa, esfrega.
Não pensa, ama.

Corpo a corpo.
Ar e ar, e ahh.
Pouco ar, ahh.
Ah, lindo rosto.

Sem lei, confiança.
Beijo, proposta, aposta.
Olho a olho imposta.
Mordo, pouca aliança.

Quer? Quero. Vamos.
Pega, vai, volta, sorri.
Relance. É, estamos aqui.
Algo mais, amamos.

Um comentário:

  1. Caro amigo

    Para o amor
    nada de regras,
    nada de planos,
    nada de permutas,
    cobranças ou explicações.
    O amor precisa apenas de amor.
    E de verdade para se tornar pleno.
    E de alegria para se tornar belo.
    E de cumplicidade para se fazer inspiração.

    Que por onde passarmos,
    deixemos o desejo do reencontro...

    ResponderExcluir

Digite seu e-mail aqui para receber atualizações do Descaradamasio. A média é uma postagem semanal.